terça-feira, 1 de maio de 2012

Christians and Israel: ambassador is ridiculed in the CBS News! Os cristãos e Israel: embaixador é ridicularizado em programa da CBS News!



'60 Minutes' profiles Palestinian Christians, Michael Oren falls on his face
April 22, 2012


'60 Minutes" relata sobre os palestinos cristãos, Michael Oren quebra a cara

22/04/2012

video


The above story ran on 60 Minutes tonight. It's a powerful piece showing life under occupation, and a damning portrait of Michael Oren as the chief spokesperson for Israel's unjust control over the West Bank. On the onerous permit regime that limits freedom of movement and defines Palestinian existence in the occupied territories Oren says, "It's their inconvenience, it's our survival." Oren tries to blame the dwindling Christian community in the West Bank on Islamic extremism, and Palestinian Christians interviewed nearly break out laughing. Not surprisingly, Oren calls Israel's Christian critics anti-Semites.

But perhaps the most revealing part of the show was Bob Simon sharing that Oren had complained to CBS News head Jeff Fager before the segment had even been aired, calling it "a hatchet job".
...............................

A história acima ocorreu no programa “60 minutos” [da rede CBS News- EUA] esta noite [22/04/2012]. É um poderoso documentário mostrando a vida dos palestinos sob a ocupação israelense, e um retrato condenatório de Michael Oren [Embaixador de Israel em Washignton] como porta-voz chefe do controle injusto de Israel sobre a Cisjordânia [território palestino]. Sobre o regime de autorização israelense que limita a liberdade de movimento e a existência dos palestinos nos Territórios Palestinos Ocupados Oren diz: "É deles a inconveniência, é a nossa sobrevivência." Oren tenta culpar o extremismo islâmico sobre a diminuição da comunidade cristã na Cisjordânia, e os cristãos palestinos riem disso quando entrevistados. Não surpreendentemente, Oren qualifica as criticas dos cristãos de anti-semitismo.

Talvez a parte mais reveladora da entrevista entre o Embaixador israelense Michael Oren e o apresentador do programa, Bob Simon, foi quando Bob revelou que Oren, mesmo antes de o programa ir ao ar, contatou o Presidente da CBS News, Jeff Fagger, para dizer de sua desaprovação com o documentário, classificando-o como “trabalho hostil”.


[grifo do blog]


.......................


Watch / read the excerpt from interview with the arrogant and cynical ambassador and his attempt to censor the program


Veja/Leia o trecho da entrevista com o prepotente e cínico embaixador e sua tentativa de censurar o programa

video

Para Israel, pode haver sérias consequências econômicas. De acordo com números do governo israelense, o turismo é um negócio multibilionário lá. A maioria dos turistas é cristã. Muitos deles são americanos. Essa é uma razão por que os israelenses são muito sensíveis sobre a sua imagem nos Estados Unidos. E isso pode ser por isso que o embaixador Oren ligou para Jeff Fager, o chefe da CBS News e produtor executivo de 60 minutos, enquanto ainda estávamos relatando a história, muito antes da transmissão desta noite. Ele disse que tinha informações de que nossa história seria um "trabalho hostil".

Michael Oren: Pareceu-me absurdo. Completamente incompreensível que num momento em que essas comunidades, as comunidades cristãs em todo o Oriente Médio estão sendo oprimidos e massacrados, quando as igrejas estão sendo queimadas, quando uma das grandes histórias da história se desenrola? Eu acho que é - eu acho que é - eu acho que você me um pouco confuso.

Bob Simon: E era um motivo para chamar o presidente - presidente da CBS News?

Michael Oren: Bob, eu sou o embaixador do Estado de Israel. Eu faço isso muito, muito raramente, como embaixador. É apenas - é um passo extraordinário para mim queixar sobre algo. Quando eu soube que você estava indo fazer uma reportagem sobre os cristãos na Terra Santa e minha responsabilidade - e tinha, eu creio, informações sobre a natureza do mesmo, e foi confirmado por esta entrevista hoje.

Bob Simon: Nada foi confirmado pela entrevista, o Sr. Embaixador, porque você não sabe o que vai ser colocado no ar.

Michael Oren: Okay. Eu não sabia, verdade.

Bob Simon: Sr. Embaixador, eu venho fazendo isso há muito tempo. E eu tenho recebido muitas reações de praticamente todos que eu fiz histórias eles. Mas eu nunca tive uma reação diante de uma história que não foi transmitida ainda.

Michael Oren: Bem, há uma primeira vez para tudo, Bob.

...........................

For Israel, there could be serious economic consequences. According to Israeli government figures, tourism is a multibillion dollar business there. Most tourists are Christian. Many of them are American. That's one reason why Israelis are very sensitive about their image in the United States. And that could be why Ambassador Oren phoned Jeff Fager, the head of CBS News and executive producer of 60 Minutes, while we were still reporting the story, long before tonight's broadcast. He said he had information our story was quote: "a hatchet job."

Michael Oren: It seemed to me outrageous. Completely incomprehensible that at a time when these communities, Christian communities throughout the Middle East are being oppressed and massacred, when churches are being burnt, when one of the great stories in history is unfolding? I think it's-- I think it's-- I think you got me a little bit mystified.

Bob Simon: And it was a reason to call the president of-- chairman of CBS News?

Michael Oren: Bob, I'm the ambassador of the State of Israel. I do that very, very infrequently as ambassador. It's just-- that's an extraordinary move for me to complain about something. When I heard that you were going to do a story about Christians in the Holy Land and my assum-- and-- and had, I believe, information about the nature of it, and it's been confirmed by this interview today.

Bob Simon: Nothing's been confirmed by the interview, Mr. Ambassador, because you don't know what's going to be put on air.

Michael Oren: Okay. I don't. True.

Bob Simon: Mr. Ambassador, I've been doing this a long time. And I've received lots of reactions from just about everyone I've done stories about. But I've never gotten a reaction before from a story that hasn't been broadcast yet.

Michael Oren: Well, there's a first time for everything, Bob.



............................................................................................................

Palestinos cristãos respondem ao embaixador israelense Michael Oren


Palestinian Christians Respond to Israeli Ambassador Michael Oren


video


No programa 60 Minutes da CBS em 22 de abril de 2012, o Embaixador de Israel para os EUA, Michael Oren, afirmou que os palestinos cristãos estavam deixando os territórios da Cisjordânia, ocupada por Israel, devido ao extremismo muçulmano e não a ocupação de Israel. Nós mostramos a cristãos palestinos na Cisjordânia os comentários de Oren e pedimos que comentassem.

On the CBS program 60 Minutes on April 22, 2012, the Israeli Ambassador to the U.S., Michael Oren, claimed Palestinian Christians were leaving the Israeli-occupied West Bank due to Muslim extremism and not Israel's occupation. We showed Palestinian Christians in the West Bank Oren's comments and asked for their response.


............................................................................................................ 

Encenação teatral humorística da entrevista com o embaixador

Comical theatrical staging of the interview with the ambassador

video

   “Well, there’s a first time for everything, Bob.”






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores: